Instituto Servos Adoradores da Misericórdia
Mensagens de Misericórdia
  • Via Crúcis

    Via Crúcis

    Acesse:
    https://www.facebook.com/servosadoradoresdamisericordia/videos/205245910751770/

    E reze conosco a VIA SACRA DA MISERICÓRDIA!
  • COLHEM-SE AS GRAÇAS DA MISERICÓRDIA COM O VASO DA CONFIANÇA

    COLHEM-SE AS GRAÇAS DA MISERICÓRDIA COM O VASO DA CONFIANÇA

    “Que as almas que buscam a perfeição glorifiquem de maneira especial a Minha misericórdia, porque a liberalidade das graças que lhes concedo decorre da Minha misericórdia.

    Desejo que essas almas se distingam por uma ilimitada confiança na Minha misericórdia. Eu mesmo Me ocupo com a santificação dessas almas: Eu lhes fornecerei tudo o que for necessário para a sua santidade.

    AS GRAÇAS DA MINHA MISERICÓRDIA COLHEM-SE COM UM ÚNICO VASO, QUE É A CONFIANÇA.
    QUANTO MAIS A ALMA CONFIAR, TANTO MAIS RECEBERÁ.

    Grande consolo Me dão as almas de ilimitada confiança, porque, em almas assim derramo todos os tesouros das Minhas graças. Alegro-Me por pedirem muito, porque o Meu desejo é dar muito, muito mesmo. Fico triste, entretanto, quando as almas pedem pouco, quando estreitam os seus corações.”

    (Diário de Santa Faustina, 1578).
  • Inspiração: O TERÇO DA DIVINA MISERICÓRDIA

    Inspiração: O TERÇO DA DIVINA MISERICÓRDIA

    Foto: Casa da Congregação de Nossa Senhora da Misericórdia, onde nos anos 1933-1936
    residiu irmã Faustina e onde Jesus Cristo lhe ditou o Terço da Divina Misericórdia.
  • Oração de Santa Faustina para pedir a Deus um coração misericordioso

    Oração de Santa Faustina para pedir a Deus um coração misericordioso

    Em uma das páginas de seu diário encontramos essa belíssima oração, muito oportuna para rezarmos nesse Ano da Misericórdia:

    “Ajudai-me, Senhor, para que os meus olhos sejam misericordiosos, de modo que eu jamais suspeite nem julgue as pessoas pela aparência externa, mas perceba a beleza interior dos outros e possa ajuda-los.

    Ajudai-me, Senhor, para que os meus ouvidos sejam misericordiosos, de modo que eu esteja atenta às necessidades dos meus irmãos e não me permitais permanecer indiferente diante de suas dores e lágrimas.

    Ajudai-me, Senhor, para que a minha língua seja misericordiosa, de modo que eu nunca fale mal dos meus irmãos; que eu tenha para cada um deles uma palavra de conforto e de perdão.

    Ajudai-me, Senhor, para que as minhas mãos sejam misericordiosas e transbordantes de boas obras, nem se cansem jamais de fazer o bem aos outros, enquanto, aceite para mim as tarefas mais difíceis e penosas.

    Ajudai-me, Senhora, para que sejam misericordiosos também os meus pés, para que levem sem descanso ajuda aos meus irmãos, vencendo a fadiga e o cansaço; o meu repouso esteja no serviço ao próximo.

    Ajudai-me, Senhor, para que o meu coração seja misericordioso e se torne sensível a todos os sofrimentos do próximo; ninguém recebe uma recusa do meu coração. Que eu conviva sinceramente mesmo com aqueles que abusam de minha bondade. Quanto a mim, me encerro no Coração Misericordiosíssimo de Jesus, silenciando aos outros o quanto tenho que sofrer.

    Vós mesmo mandais que eu me exercite em três graus da misericórdia; primeiro: Ato de misericórdia, de qualquer gênero que seja; segundo: Palavra de misericórdia – se não puder com a ação, então com a palavra; terceiro: Oração. Se não puder demonstrar a misericórdia com a ação nem com a palavra, sempre a posso com a oração. A minha oração pode atingir até onde não posso estar fisicamente.

    Ó meu Jesus, transformai-me em Vós, porque Vós tudo podeis”.

    Santa Faustina Kowalska
  • "Jesus misericordioso, eu confio em Vós!

    Rezemos como a Santa irmã Faustina…
    "Jesus misericordioso, eu confio em Vós!
    Nada me trará medo ou inquietação.
    Eu confio em Vós, de manhã e à noite, na alegria e no sofrimento,
    Na tentação e no perigo, na felicidade e no infortúnio,
    Na vida e na morte, agora e para sempre.
    Eu confio em Vós e na oração e no trabalho,
    Na vitória e no fracasso, acordada ou a descansar,
    Na tribulação e na tristeza, nos meus próprios erros e pecados
    Eu quero ter inabalável confiança em Vós.
    Sois a âncora da minha esperança,
    A estrela da minha peregrinação,
    O apoio da minha fraqueza,
    O perdão dos meus pecados,
    A força da minha bondade,
    A perfeição da minha vida,
    O consolo na hora da minha morte,
    A alegria e bênção do meu Céu.
    Jesus misericordioso, Vós, forte tranquilidade
    E fortaleza segura da minha alma,
    Aumentai a minha confiança e tornai perfeita a minha fé
    No Vosso poder e bondade.
    Se eu for a mais pobre das Vossas devotas, e a última das Vossas servas,
    Desejo, porém, tornar-me grande e perfeita, confiando
    Que Vós sois a minha Salvação pelos séculos dos séculos.
    Que esta minha confiança seja uma referência para Vós,
    Agora e em todos os tempos, sobretudo na hora da minha morte!
    Amém.

    Santa Faustina
  • Terço da Divina Misericórdia

    Terço da Divina Misericórdia

    Autor: Diário de Santa Faustina

    "No dia seguinte, na sexta-feira 13/09/1935. À noite, quando me encontrava na minha cela, vi o Anjo executor da ira de Deus. Estava vestido de branco, o rosto radiante e una nuvem a seus pés. Da nuvem saíam trovoes e relâmpagos para as suas mãos e delas só então atingiam a Terra. Quando vi esse sinal da ira de Deus, que deveria atingir a Terra, e especialmente um determinado lugar que não posso mencionar por motivos bem compreensíveis, comecei a pedir ao Anjo que se detivesse por alguns momentos, pois o mundo faria penitencia. Mas o meu pedido de nada valeu perante a ira de Deus.

    E foi neste instante que vi a Santíssima Trindade. A grandeza de sua Magestade transpassou-me e eu não ousava repetir a minha súplica. Porém, nesse mesmo momento senti em mim a força da graça de Jesus que reside na minha alma; e, quando me veio a consciência dessa graça, imediatamente fui arrebatada até o Trono de Deus. Oh, como é grande o Nosso Senhor e Deus e como é inconcebível a Sua Santidade! E nem sequer vou tentar descrever sua grandeza, porque em breve todos O veremos como Ele é. Comecei, então, suplicar a Deus pelo Mundo com palavras ouvidas interiormente.

    Quando assim rezava, vi a impossibilidade do Anjo em poder executar aquele justo castigo, merecido por causa dos pecados. Nunca tinha rezado com tanta forca interior como naquela ocasião. As palavras com que suplicava a Deus eram as seguintes:
    Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro; pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós.

    No dia seguinte pela manhã, quando entrei na nossa capela, ouvi interiormente estas palavras: Toda vez que entrares na capela, reza logo essa oração que te ensinei ontem. Quando rezei essa oração, ouvi na alma estas palavras: Essa oração serve para aplacar a Minha ira.

    Tu a recitarás por nove dias, por meio do Terço do Rosário da seguinte maneira: Primeiro dirás o PAI NOSSO, a AVE MARIA e o CREDO. Depois, nas contas de PAI NOSSO, dirás as seguintes palavras:

    ►Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro.

    ►Nas contas de AVE MARIA rezarás as seguintes palavras:
    Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. No fim, rezarás três vezes estas palavras: Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro" (Diário, 474- 476).

    "Oh! que grandes graças concederei às almas que recitarem esse Terço. (...) Anota estas palavras, Minha filha, fala ao mundo da Minha misericórdia, que toda a humanidade conheça a Minha insondável misericórdia. Este é o sinal para os últimos tempos; depois dele virá o dia da justiça. Enquanto é tempo, recorram à fonte da Minha misericórdia, tirem proveito do Sangue e da Água que jorraram para eles" (Diário, 848).

    "Recita, sem cessar, este Terço que te ensinei. Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte. Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como a última tábua de salvação. Ainda que o pecador seja o mais endurecido, se recitar este Terço uma só vez, alcançará a graça da Minha infinita misericórdia" (Diário, 687).

    "Pela recitação deste Terço agrada-Me dar tudo o que Me peçam. Quando os pecadores empedernidos o recitarem, encherei de paz as suas almas, e a hora da morte deles será feliz. Escreve isto para as almas atribuladas: Quando a alma vir e reconhecer a gravidade dos seus pecados, quando se abrir diante dos seus olhos todo o abismo da miséria em que mergulhou, que não se desespere, mas antes se lance com confiança nos braços da Minha misericórdia, como uma criança no abraço da sua querida mãe. Essas almas têm prioridade no Meu Coração compassivo, elas têm primazia à Minha misericórdia. Diz que nenhuma alma que tenha invocado a Minha misericórdia se decepcionou ou experimentou vexame. Tenho predileção especial pela alma que confiou na Minha bondade. Escreve que, quando recitarem esse Terço junto aos agonizantes, Eu Me colocarei entre o Pai e a alma agonizante não como justo Juiz, mas como Salvador misericordioso" (Diário, 1541).

    "Defendo toda alma que recitar esse terço na hora da morte, como se fosse a Minha própria glória, ou quando outros o recitarem junto a um agonizante, eles conseguirão a mesma indulgência Quando recitam esse terço junto a um agonizante, aplaca-se a ira de Deus, a misericórdia insondável envolve a alma e abrem-se as entranhas da Minha Misericórdia, movidas pela dolorosa Paixão do Meu Filho" (Diário, 811).
  • Instituto Servos Adoradores da Misericórdia
    Linha Rio Bugre ,S/N ,Interior – Caçador/SC - Caixa postal 431 - CEP: 89.500-000

    Copyright © 2020 - Todos os direitos reservados.